side-area-logo
  • Coaching Individual

    Sessão inicial Gratuita para que possamos perceber pontos falhos e o que deve ser trabalhado

  • Coach Espiritual

    Para aqueles que buscam ir além em todos os aspectos. É um aprofundamento no: EU SOU, é uma ampliação da perspectiva de vida.

  • Coaching em Grupo

    Participe e compartilhe conhecimento e experiências com pessoas que tem o mesmo objetivo que você.

  • Cursos Online

    Leitura Dinâmica

    Organização do tempo

    Técnicas de estudo

    Tudo no conforto da sua casa.

“Venham para a borda, ele disse.

Eles responderam : Nós estamos com medo.

Venham para a borda, ele disse.

Eles vieram.

Ele os empurrou .. e eles voaram.” (Guillaume Appolinaire)

“Eu não te ensino a voar, eu só faço você perceber o poder das suas asas” – Isto é coach!

18552800_1373204789426096_1277991505_o

coach1

 

Ser Coach, assim como ser psicóloga, é ter a função de uma arqueóloga. Entretanto, nós não buscamos preciosidades fora do ser e, sim, dentro. Estamos aqui para alinhar as partes da sua vida, sua história com seus valores, seu “eu” atual com o “eu” que você busca ser no futuro. Ter conhecimento do nosso legado é o ponto mais importante da nossa história e, faço questão de ajudar você a descobrir quais são os tesouros que estão encobertos pelo medo, angústia, ansiedade, auto sabotagem, pressões, raiva, entre outros. 

Nada mais lindo do que sermos nós mesmos, aceitando e compreendendo que o nosso potencial é ilimitado e, mesmo assim, buscando limitar-se a ser aquilo que você realmente ama e o que te faz feliz! 

 

Minha história:``Quando despertado por todas as coisas, a separação entre você e os outros se desfaz.`` Dogen Zenji, Genjo Koan

Quando adolescente fui a uma psicóloga que odiei!! Sua falta de empatia e de percepção do outro me assustaram, porque naquela época eu já sonhava ser psicóloga. Depois desta experiência, a motivação foi ainda maior, pois eu enxerguei a necessidade de ser diferente. Sempre em busca de muito mais, realizei minha faculdade!! Bom…terminei a faculdade apaixonada pela psicanálise – Freud, Melanie Klein, Jung e Winnicott tornaram-se meus grandes amores, paixão que acabou resultando numa pós-graduação justamente nesta área. Hei de confessar que o curso foi, teoricamente, muito útil, mas algo me incomodou profundamente, principalmente no último ano: NÃO SUPORTAVA MAIS DOENÇA, NÃO SUPORTAVA MAIS VER SÓ O LADO NEGATIVO! Escrevo isso em caixa alta por ter sido realmente um grito que surgiu dentro de mim… Deste modo, fiz a formação em “coach” e, praticamente não conseguia mais aceitar a forma de trabalho demonstrada pela pós. Foi então que realizei o curso de Programação Neurolinguística e confesso: nunca mais consegui focar nas doenças e em quase tudo passei a ver somente oportunidades. Fato que me fazia sentir uma trairá, afinal isso não é bem o que a psicologia prega. Ao mesmo tempo, sentia que estava indo contra o caminho tradicional. Atrelado ao fato de que meus pais possuem um escola – NEON Concursos – me engajei no ramo dos concursos. Praticamente ali cresci e sempre me senti muito atraída pela mente do aluno que realiza concurso público.

Bom para mim, não é? Foi muito fácil lidar com tudo que ouvia e poder auxiliar. Afinal, cresci neste meio, conversava sobre formas de gerar aprovação, antes mesmo de entender o que isso realmente significava. Como ainda sentia uma certa deficiência nos conteúdos expostos por essas abordagens, acabei realizando o curso de Terapeuta Prânica, onde me deparei com novos conceitos e abordagens completamente eficazes. Como muitos pacientes não tiveram ansiedade na hora da prova, por conta do floral, resolvi realizar a formação em Terapeuta Floral, pois apesar das outras abordagens serem eficazes, haviam casos que era necessário muito mais. E, hoje estou realizando a formação em bioalinhamento por sentir e saber que ele me dará o suporte para o futuro.

Bem… sou uma pessoa que é a “prova viva”de que cada curso, que realizei, transforma. Eu era muito tímida, uma pessoa de pouca voz, no curso de coaching me apelidaram de “radinho de pilha”, pois ele não é, e nem quer ser, perceptível em um primeiro olhar, mas como dizia o Thiago Casarotto, logo eu me transformava em um “transformers”!! Gratidão a todos que participaram da minha história…vocês me libertaram. Hoje me sinto gigante porque através de cada alma que encontrei a minha se somou. Sou fruto de cada segundo que vivi, e que ainda vou viver, com extrema intensidade, para retirar tudo o que esse mundo maravilhoso me permitir. Sou apaixonada pelo que faço e por quem sou, mas como não ser ?

O QUE DIZEM

Eles buscaram ser além do que eram, eles sabem que para obter resultado é necessário mudanças.

Deixe você também seu depoimento...

Ele é muito importante para mim!

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Telefone

Sua foto

Sua mensagem